Brusque x Sport: Veja o gol e os melhores momentos do jogo

img

Após cinco meses sem vencer fora de casa, o jejum do Sport como visitante acabou. No fim do jogo, o Leão venceu o Brusque no Augusto Bauer, com gol de Wanderson, aos 43’ do 2º tempo. Com a vitória, o Sport chega aos 49 pontos e mantém a distância para o G4 da Série B. O Leão é o 5º e está a três pontos do 4ª colocado, Vasco. E foi por pouco. Ao mesmo tempo, os cariocas perdiam para o Operário-PR quando o Sport abriu o placar, mas o time virou nos acréscimos. Agora, o Leão volta para casa. O próximo jogo do Sport será às 16h do domingo, recebendo o campeão Cruzeiro na Ilha do Retiro. Enquanto isso, o Quadricolor também viaja ao Nordeste. O próximo jogo do Brusque será às 16h do sábado, contra o Bahia, na Fonte Nova. BRUSQUE 0 X 1 SPORT | MELHORES MOMENTOS | 33ª RODADA BRASILEIRÃO SÉRIE B 2022 O que aconteceu na partida: Ciente da necessidade dos três pontos, Claudinei Oliveira optou por mandar um Sport a campo com a mesma formação que iniciou o Clássico dos Clássicos da semana passada. A escalação com quatro atacantes, no entanto, fez com que o Rubro-negro perdesse a maioria dos duelos no meio-campo. Em uma primeira etapa com Luciano Juba e Labandeira apagados, coube a Vagner Love ter a melhor oportunidade do Leão. Após contra-ataque, o camisa 99 recebeu de Gustavo Coutinho, limpou bem a marcação e chutou de canhota para boa defesa de Belliato, aos nove jogados. A partir do lance, o Brusque passou a dominar as ações ofensivas. Primeiro, Paulo Baya parou em boa intervenção de Saulo. Na sequência, o Quadricolor chegou a balançar as redes com Diego Jardel, em gol anulado por impedimento. Na reta final, Sander foi expulso pelo lado rubro-negro, ao dar joelhada imprudente nas costas de Fernandinho, em lance revisado por Raphael Claus no VAR. O camisa 11 do time da casa também acabou indo para o chuveiro mais cedo por revidar com um tapa no lateral-esquerdo. Na volta do intervalo, Claudinei optou por voltar sem modificações e recuou Juba para atuar no espaço deixado por Sander. Sem dar tantos espaços para o ataque adversário, o Leão passou a incomodar mais a zaga mandante. Em cabeçada de Coutinho, aos oito, a bola raspou na trave de Belliato. Após o susto, o goleiro do Brusque ainda apareceu para fazer duas grandes intervenções. Primeiro, em bela cobrança de falta de Juba. Em seguida, em chute colocado de Coutinho, para evitar que o Sport abrisse o placar. Aos 43 minutos, entretanto, Búfalo ganhou da marcação e tocou em Wanderson, que contou com desvio de Toty para anotar o único tento da partida.  Ficha técnica: Local: Augusto Bauer, em Brusque-SC Arbitragem: Raphael Claus (FIFA-SP) Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Rodrigo Correa (FIFA-RJ). VAR: Vinicius Furlan e Vitor Carmona Metestaine (ambos SP). Cartões amarelos: Gustavo Coutinho, Ronaldo e Sabino (S). Cartões vermelhos: Fernandinho (B) e Sander (S) (ambos aos 44’|1ºT) Gols: Wanderson (43’|2ºT) Brusque: Belliato; Pará (Gabriel Taliari), Everton Alemão, Wallace Reis e Alex Ruan ( ngelo). Rodolfo Potiguar, Matheus Trindade e Diego Jardel (Toty); Paulo Baya (Alex Sandro), Mascote (Crislan) e Fernandinho. Técnico: Gilson Kleina. Sport: Saulo; Eduardo (Ezequiel), Sabino, Rafael Thyere e Sander; Ronaldo (William Oliveira), Fabinho; Luciano Juba, Labandeira (Denner), Vagner Love (Wanderson) e Gustavo Coutinho (Búfalo). Técnico: Claudinei Oliveira.

×