Caldas causa surpresa e elimina Sporting da Covilhã da Taça

img

O Caldas, da Liga 3, venceu hoje o Sporting da Covilhã, da II Liga, por 3-0, em jogo da segunda eliminatória da Taça de Portugal, disputado no Campo da Mata, nas Caldas da Rainha. Aos 13 minutos, João Silva inaugurou o marcador para a equipa das Caldas da Rainha, na conversão de um livre direto, sendo que, já aos 87, o recém-entrado Marcelo Marquês aumentou a vantagem, com o extremo a marcar novamente já no período de compensação. O Caldas adiantou-se no marcador aos 13 minutos, por intermédio de João Silva. O defesa bateu de forma exímia um livre à entrada da área, tendo a bola ainda batido na barra da baliza antes de entrar. Aos 26 minutos, João Rodrigues esteve perto de dilatar a vantagem, mas o remate à entrada da área saiu ligeiramente por cima da baliza defendida por Vítor São Bento. Pouco depois, Henrique Henriques viu o seu remate passar perto do poste. Na etapa complementar, o Sporting da Covilhã aproximou-se da área do Caldas, mas foi a equipa da casa a criar perigo novamente. Aos 57 minutos, João Silva esteve muito perto de 'bisar', através de um remate rasteiro que levou muito perigo. Aos 71 minutos, foi novamente o inconformado João Silva a tentar o golo e, desta vez, apenas o poste esquerdo da baliza do Sporting da Covilhã travou a investida do defesa esquerdo. Wilson Soares protagonizou, depois, aos 83 minutos, uma grande defesa, em resposta a um remate de Dudu, e acabaria mesmo por ser o Caldas a conseguir marcar. Na primeira vez que tocou na bola, o recém-entrado Marcelo Marquês surgiu oportuno ao segundo poste, para dar o melhor destino a um canto à esquerda do ataque caldense, aos 86 minutos. O extremo voltaria a faturar, já em tempo de compensação, aos 90+3 minutos, aproveitando alguma desconcentração dos visitantes para rematar colocado a um cruzamento atrasado de Nuno Januário.  

×