Chelsea oferece 'via de fuga' a Cristiano Ronaldo já em janeiro

img

O futuro imediato de Cristiano Ronaldo está de volta 'à baila', depois da polémica protagonizada pelo próprio, na passada semana, quando abandonou Old Trafford ainda antes do apito final do triunfo do Manchester United sobre o Tottenham, por 2-0, onde foi suplente. O jornal britânico Daily Mail escreve, esta segunda-feira, que o caso está a ser atentamente acompanhado... por Todd Boehly, que já 'persegue' a aquisição do internacional português desde que fechou a aquisição da propriedade do Chelsea ao oligarca russo Roman Abramovich, no final do passado mês de maio. O empresário norte-americano mantém uma relação de proximidade com o empresário do jogador de 37 anos, Jorge Mendes, e, garante a publicação veria com bons olhos a oportunidade de o contratar já em janeiro, aquando da reabertura do mercado de transferências. O milionário tentou mesmo fechar esta operação no defeso de verão, mas 'esbarrou' na intransigência do então treinador, Thomas Tuchel. De lá para cá, o alemão foi demitido, pelo que resta, agora, perceber qual será a posição do sucessor, Graham Potter, quanto a este tema. Leia Também: Cristiano Ronaldo tem direito a indemnização milionária se for despedido

×