"CR7? É o fim dele no Man. United. Não há como pensar que está tudo bem"

img

A polémica entrevista de Cristiano Ronaldo continua a dar que falar. As reações não param de surgir de dentro do mundo do futebol, sendo a mais recente de Teddy Sheringham. O antigo avançado inglês, que também vestiu a camisola do Manchester United, afirmou que CR7 tem de aceitar que... não é mais o melhor jogador do mundo. “Ele tem sido um dos dois melhores jogadores do mundo nos últimos 20 anos, não há como negar, mas quando um jogador fala como se fosse maior que um clube de futebol... não pode acontecer", começou por dizer em declarações ao Mirror. “Ele acha que é maior e melhor do que o sítio onde está. Precisa de perceber que já passou o meu melhor momento enquanto futebolista. Ele já não tem 20 e tal anos, ele está com 37 anos de idade, e precisas de ser usado com moderação", acrescentou. A confissão de falta de respeito a Erik Ten Hag terá sido o ponto principal para Sheringham, que não aceitou a atitude do português. “Essa é a parte principal. É o fim dele no Manchester United. Não há como ele voltar depois do Mundial e pensar que está tudo bem. Isso não vai acontecer. Ele já devia ter saído no início da época quando fez saber que estava descontente. Eles tentaram concretizar a saída dele, mas obviamente que está mal. O tempo, agora, é de ir embora", acrescentou. Quanto à presença no Mundial, o antigo jogador do Manchester United acredita que Cristiano Ronaldo não vai ter problemas em jogar o seu futebol sem pensar no que deixou para trás. Sheringham disse ainda que ida de CR7 ao Mundial não será problema, ao contrário do seu regresso a Old Trafford. “Ele vai ser uma influência tão grande no balneário que tenho a certeza de que falará abertamente. Portugal vai estar focado no Mundial, isso não é problema deles. O problema será quando ele voltar ao Manchester United depois do Mundial, porque falta algum tempo para a janela de transferências. Será um momento estranho", concluiu. Leia Também: Manchester United reage após entrevista polémica de Cristiano Ronaldo

×