"Cristiano Ronaldo foi cruel com Gary Neville como todos foram com ele"

img

Louis Saha assumiu, esta segunda-feira, que ficou surpreendido pelo facto de Cristiano Ronaldo ter ignorado Gary Neville, com quem partilhou balneário no Manchester United, nos instantes que antecederam o triunfo diante do Tottenham, em Old Trafford, por 2-0. O antigo internacional francês (que também jogou ao lado do português) também se encontrava no relvado aquando deste incidente, e, no espaço de opinião que assina no portal britânico de apostas Lord Ping, revelou que pensava que ambos "se tinham cumprimentado antes deste incidente". "Ronaldo ficou, obviamente, magoado com os comentários de Neville e com tudo aquilo que as pessoas disseram, especialmente os companheiros de equipa, nas costas dele. As pessoas têm sido muito duras com ele, a exigirem melhorias", começou por dizer. "O facto de Ronaldo o ter ignorado não era necessário, mas cada um tem uma reação diferente. Ronaldo podia ter ligado a Neville e dado a sua própria opinião, mas escolheu ignorá-lo, porque é cruel, tal como todos têm sido cruéis com ele", completou. Leia Também: "Todd Boehly parece gostar da ideia de Cristiano Ronaldo no Chelsea"

×