Evangelista espera jogo "equilibrado" na receção ao "difícil" Rio Ave

img

Para Armando Evangelista, a formação do Arouca, que chega à partida frente aos vilacondenses após uma vitória expressiva frente ao Gil Vicente (4-1), para a Taça de Portugal, precisa de permanecer concentrada e não se deixar deslumbrar pela recente série de seis jornadas seguidas a pontuar para o campeonato. "São duas equipas muito parecidas, muito equilibradas em termos de valor. É um jogo entre duas equipas que estão num bom momento. O que é importante é aquilo que podemos controlar. Face às expectativas que se têm criado, e os jogadores não são alheios a isso, é importante não se deslumbrarem e terem noção do trabalho desenvolvido para terem conseguido esta série [de resultados]", alertou o técnico. O treinador de 49 anos considera que a equipa do Rio Ave é "muito sólida defensivamente", tem "muito critério com bola" e "homens da frente muito rápidos", e que será necessário anular esses pontos fortes do conjunto vilacondense, de modo a vencer a partida, podendo reforçar assim aquela que já é a melhor pontuação de sempre do clube na I Liga à 13.ª jornada (19 pontos). Evangelista assumiu a necessidade de gerir a utilização de jogadores, devido ao calendário sobrecarregado de jogos, que ditou que os arouquenses inaugurem a jornada no sábado, após terem entrado em campo na passada terça-feira, e defrontem um adversário "com mais tempo de recuperação", visto que o último jogo da equipa treinada por Luís Freire foi a vitória por 1-0 frente ao Boavista, no último domingo.  "Para contrariar essa parte, olhando para aquilo que foram os tempos de utilização nestes últimos dois jogos [Vizela e Gil Vicente], nota-se que houve essa preocupação [de fazer rotatividade do plantel], mas a grande dificuldade prende-se no facto de um treino de recuperação demorar tanto como um treino aquisitivo. A dificuldade é mais a parte estratégica do jogo. [...] O trabalho passa por minimizar o que possa acontecer para que tenha o menor impacto possível no resultado final", disse. Para o duelo frente ao Rio Ave, Armando Evangelista ainda não contará com Vitinho, que enfrenta "uma lesão prolongada", e Pedro Moreira, sendo que o lateral-esquerdo Quaresma está em dúvida, mas com possibilidades de recuperação a tempo de ir a jogo. O Arouca, oitavo classificado, com 19 pontos, vai receber o Rio Ave, 12.º, com 15, em jogo da 13.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, agendado para sábado, às 18:00, que terá arbitragem de João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga. Leia Também: Carlos Cunha acredita que Gil Vicente pode "surpreender" Benfica na Luz

×