Evra julgado por comentários homofóbicos depois do Man. Utd-PSG de 2019

img

Patrice Evra vai ser julgado na próxima segunda-feira. Em causa estão insultos homofóbicos difundidos nas redes sociais em março de 2019, depois de o Manchester United eliminar o PSG na Liga dos Campeões. Conta o L'Équipe nesta quinta-feira que o antigo jogador francês foi gravado a insultar o emblema gaulês, afirmando que os parisienses são "bichas", ameaçando ainda Jérôme Rothen, da RMC Sport, de agressão física. O caso foi a tribunal pouco depois, tendo o juiz de instrução determinado que os comentários feitos por Evra não foram feitos de forma pública, mas sim em ambiente privado, tendo sido partilhados sem conhecimento do próprio. O vídeo circulou na rede social Snapchat e, mais tarde, foi difundido por outras plataformas. Caso se determine um crime de ofensa pública, ao abrigo da lei, Evra poderá enfrentar uma pena de um ano de prisão e ainda uma multa de 45 mil euros, diz ainda o L'Équipe. Leia Também: Evra foi abusado sexualmente e atira: "Não sou vítima, sou sobrevivente"

×