Oficial: Luis Enrique abandona a seleção espanhola

img

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou, em forma de comunicado emitido através das plataformas oficiais ao final da manhã desta quinta-feira, que Luis Enrique abandonou o cargo de treinador da seleção principal. Uma decisão que surge menos de 48 horas depois de La Roja ter protagonizado aquela que foi a principal surpresa do Campeonato do Mundo, até ao momento, ao ser eliminada dos oitavos-de-final por Marrocos, no desempate por grandes penalidades. "A direção desportiva da RFEF fez chegar ao presidente um relatório em que se determina que deve arrancar um novo projeto para a seleção, com o objetivo de continuar com o crescimento alcançado nos últimos anos, graças ao trabalho realizado por Luis Enrique e os seus adjuntos"; pode ler-se. O organismo recorda que o ex-Barcelona "conseguiu dar um novo impulso à equipa desde a sua chegada, em 2018, através de uma profunda renovação", graças à aposta "no talento jovem", fazendo, ainda, questão de lhe enviar uma mensagem para o futuro. "A RFEF deseja, energicamente, a melhor das sortes a Luis Enrique e à sua equipa técnica em futuros projetos profissionais. O técnico leva o carinho e a admiração dos seus colaboradores na seleção e de toda a Federação, que será sempre a sua casa", completou. Leia Também: Espanha torce pela demissão de Luis Enrique e até já pensou no substituto

×