Pagamento ao Sporting complica acordo entre Rafael Leão e AC Milan

img

Rafael Leão termina contrato com o AC Milan já no final da próxima temporada, e, pese embora a vontade de ambas as partes passe por alcançar um acordo o mais rapidamente possível, a renovação continua sem se vislumbrar no 'horizonte'. Esta segunda-feira, o jornal italiano Gazzetta dello Sport escreve que, até ao momento, o principal entrave nas negociações está relacionado com a indemnização que o jogador deve ao Sporting, pela rescisão unilateral de contrato, aquando do ataque à Academia de Alcochete, em 2018. Inicialmente, a ideia passaria por dividir o pagamento dos cerca de 20 milhões de euros devidos aos leões entre o internacional português, o conjunto nerazzurro e o Lille, o seu anterior clube, que já foi condenado nos tribunais a contribuir para esta causa. No entanto, acrescenta a mesma publicação, o avançado de 23 anos terá, entretanto, pedido 'escusa' desta responsabilidade, exigindo que os italianos liquidem a maior 'fatia', e os franceses uma mais reduzida, para encerrar o assunto, de uma vez por todas. Outro dos problemas estará no facto de Rafael Leão pretender auferir um ordenado na ordem dos sete milhões de euros líquidos por ano, ao passo que a direção do AC Milan estará pouco inclinada a superar a barreira dos seis milhões de euros. Leia Também: Rafael Leão pede ajuda ao AC Milan para pagar dívida ao Sporting

×