Steven Vitória é, agora, adepto de Portugal no Mundial

img

"Desejo as maiores felicidades a Portugal, que é um país que me diz muito a mim, à minha família e gostava muito de ver [a seleção portuguesa a vencer]. Creio que Portugal tem todas as possibilidades de o conseguir. Não é fácil, mas têm mais um adepto agora", revelou Steven Vitória durante a conferência de imprensa de antevisão ao encontro entre Desportivo de Chaves e FC Porto, para a segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga de futebol. O internacional canadiano, que já representou a seleção portuguesa de sub-20 no mundial da categoria de 2007, organizado pelo Canadá, é o primeiro jogador da história do Desportivo de Chaves a ser convocado para um campeonato do mundo, facto este que representa "o sacrifício de uma vida" e que se tornou possível graças ao trabalho desenvolvido na formação transmontana. "É um motivo de muito orgulho poder levar o nome de Chaves ao maior palco de desporto do mundo. Custa perder, mas foi uma experiência que valeu muito a pena, o sacrifício de uma vida. Feliz de voltar aqui a casa, a uma casa [que] se não fosse assim, também nada do Mundial seria possível. Agradecer a muita gente que tem peso nisso e [estou] muito feliz, muito feliz", vincou Steven Vitória. Quanto ao encontro frente ao FC Porto, que considera que será "um grande jogo", não vai poder reencontrar o colega de seleção Eustáquio, que, embora esteja de regresso ao 'Dragão', não vai poder integrar o 'onze' da formação às ordens de Sérgio Conceição devido a lesão. "[Ainda] há poucos dias estávamos juntos e vi o que aconteceu, o sofrimento que teve entre os jogos, também com a carga que tem estado em cima dele, mas desejo rápidas melhoras para ele", concluiu o defesa-central. O Desportivo de Chaves recebe o FC Porto na quinta-feira, às 19:00, no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, em encontro da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga de futebol, arbitrado por Cláudio Pereira, da Associação de Futebol de Aveiro.

×