"Terremoto" à vista. Arábia Saudita quer juntar Cristiano Ronaldo e Messi

img

Poderão Cristiano Ronaldo e Lionel Messi voltar a ser adversários no mesmo campeonato, já na próxima temporada. O jornal espanhol Sport garante, esta quarta-feira, que sim, face ao interesse que ambos os 'astros' vão suscitando na Arábia Saudita. A publicação escreve que o internacional português já terá mesmo em mãos "uma proposta multimilionária" por parte do Al Nasr, depois de, na véspera, ter chegado a acordo com o Manchester United tendo em vista a rescisão do contrato. O diálogo entre ambas as partes estará em estado "muito avançado", e os valores são... 'assustadores', uma vez que já se fala de um suposto vínculo de dois anos, que permitiria ao avançado de 37 anos realizar um encaixe financeiro de cerca de 200 milhões de euros. Quanto ao argentino, cujo contrato termina em junho do próximo ano de 2023, já é, formalmente, embaixador do turismo da Arábia Saudita, e o presidente da Federação, Yasser Al-Misehal, não escondeu que gostaria de o ver jogar no país. "Queremos falar disto depois do Campeonato do Mundo", afirmou, em entrevista concedida ao jornal argentino La Nación. Os dados estão lançados, e já se fala mesmo de um possível "terremoto" no futebol mundial, face a esta hipótese. Leia Também: Presidente do PSG quebra o silêncio sobre o futuro de Messi

×