Treinador do Marseille responde a Amorim: "Irritação? Era estratégico"

img

Igor Tudor, treinador do Marseille, mostrou-se indignado com o atraso do Sporting na preparação do encontro, como demonstram as imagens captadas no túnel de acesso ao balneário nas quais o croata surge visivelmente irritado. Após o encontro, Rúben Amorim acusou o conjunto francês de "falta de humildade", situação à qual Igor Tudor respondeu na conferência de imprensa. "Vou dizer palavra por palavra para que fique claro. Foi dito que o jogo ia começar às 17h55, planeámos a pensar que ia começar a esta hora. Depois que seria às 18 horas e planeámos novamente assim. Chegou a essa hora e o jogo não começou, ficámos a aguardar 10 minutos e isso provocou fúria da minha parte", começou por dizer Tudor. "Os jogadores ficaram frios. O facto de estar irritado era estratégico também para dar algum nervo aos meus jogadores. Tínhamos tudo preparado e não gostámos como decorreu esta situação", finalizou o treinador croata. Leia Também: Rúben Amorim critica Marseille após atraso: "Faltou-lhes humildade"

×