Vizela sofre horrores no 25 de abril, mas escapa à eliminação em Penafiel

img

O Penafiel quase protagonizou a segunda grande surpresa da 3.ª ronda da Taça de Portugal, mas o Vizela acabou por levar a melhor na decisão das grandes penalidades. Os penafidelenses, a jogar no Estádio 25 de abril, empataram, 3-3, diante do conjunto minhoto, após tempo regulamentar e prolongamento. Nas grandes penalidades imperaram os pupilos de Álvaro Pacheco, onde triunfaram por 2-1. O emblema anfitrião faturou por Adriano Castanheira, logo aos quatro minutos, para depois Silvério, aos 61', e Molvadgaard, aos 69', fazeram os restantes golos do Penafiel. Por sua vez, os pupilos de Álvaro Pacheco facturaram graças a um bis de Kiko Bondoso (46' e 76'), com o espanhol Carlos Isaac a marcar perto do fim do tempo regulamentar e a empurrar o jogo para prolongamento. Sem remates certeiros no tempo extra acabou por ser o Vizela, na marca dos castigos máximos, a levar melhor sobre o conjunto da II Liga. Leia Também: Golaço de Puma Rodríguez leva Famalicão à próxima fase de Taça

×